quinta-feira, 19 de abril de 2012

Mandalas e os Mantras



Mantra é uma palavra sânscrita que significa Man mente ou pensamento e Tra alavanca. Tem origem no hinduísmo, mas também é utilizado no budismo e no jainismo e são como orações repetidas. Em algumas escolas, mantra pode ser qualquer som, palavra, sílaba ou frase que contenha um poder específico. Pode facilitar a concentração e meditação, energizar, ajudar a adormecer ou despertar, para desenvolver chakras e ainda fazer vibrar canais energéticos a fim de os desobstruir. 

Os mantras podem ser praticados em qualquer local ou momento, mas para dar resultado alguns procedimentos devem ser observados como a elevação dos pensamentos. É uma vibração sonora que usamos na maioria das vezes na meditação, mas podemos usar independente dela como por exemplo a pintar Mandalas. Cantar um mantra exerce um efeito poderoso em nosso corpo e nossa mente pois acalma e relaxa permitindo a ligação às energias superiores e a sua vibração provoca a limpeza de energias de vibração mais baixa. 

Para que funcionem, os mantras devem ser praticados com alguma regularidade desde que estejamos aptos para isso (diariamente ou em dias alternados). Para entoar um mantra basta sentar-se numa posição confortável e procurar relaxar concentrando a respiração no abdómen. A seguir, vocalizar o mantra durante um tempo mínimo de três minutos. Esta é a forma mais aconselhável para potencializar o mantra, mas se não puder dizer em voz alta, faça em voz baixa ou apenas mentalize.

Um dos mantras mais conhecidos é o OM pois é considerado o som universal.

Alguns mantras:

- OM MANI PADME HUM 


- OM TARE TUTARE TURE SOHA


- SUNI-AI CELEBRATION 



- MICHAEL HAMMER




 

 

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Mandalas e o Feng Shui


É o Feng Shui que melhor ensina as áreas das habitações ou dos escritórios para colocar uma Mandala. Ela pode servir para efectuar uma cura, pôr energias estagnadas em movimento ou ainda proteger. No fundo fazer um alinhamento interior.

O baguá utilizado no Feng Shui é uma grelha que permite sobre a planta ver como cada energia se distribui nos ambientes, alinhando o trigrama "Trabalho" à porta de entrada ou de maior circulação de pessoas no local. Assim é possível reconhecer como cada energia se distribui nos ambientes. Representado por um octógono que indica harmonia entre o ser humano a Terra e o Céu, contem no centro o símbolo yin e yang (equilíbrio das energias do feminino e masculino).

Dentro de uma casa, por exemplo no canto dos relacionamentos podem ser usadas Mandalas com cores compreendidas entre o rosa, o branco e vermelho, para a prosperidade o laranja, azul, vermelho, dourado e na área da família, os tons de verde e azul. Existem ainda outras áreas dos espaços e outras cores que podem ser utilizadas.

Seguindo o conceito de Feng Shui é necessário ter atenção às cores nos ambientes. É preciso ter cuidado quando o branco aparece em demasia num ambiente, pois pode passar a sensação de infinito, frieza, vazio e hostilidade. Deve-se equilibrar o branco com quadros e móveis coloridos.

Se quiser saber mais sobre Feng Shui clique aqui:

 http://www.alinktobalance.com/

domingo, 1 de abril de 2012

Mandalas para que servem e o que são?


Mandala

A Mandala é um elemento milenar cujo significado comum é o bem com a vida e com o que nos rodeia. Podem ser figuras baseadas em geometria sagrada, com a utilização de símbolos, desenhos, cores, números e palavras. Podem vibrar de fora para dentro e dentro para fora. A sua designação vem do sânscrito e significa centro e circunferência. São também conhecidas como círculo sagrado ou mágico. Agradáveis de contemplar, prendem o olhar com as suas formas e cores, causando sensações de harmonia e paz.

Utilização

No tempo atual são utilizadas por psicólogos como método de terapia, uma vez que ajudam a fixar a concentração e aquietam os pensamentos. Carl Jung relacionou as mandalas a "movimentos em direcção a um crescimento psicológico, expressando a ideia de um refúgio seguro, de reconciliação interna e inteireza".
Também servem de instrumento de meditação remetendo ao nosso próprio centro ou seja ao nosso interior.
Criar a nossa própria Mandala (mandalada pessoal) ajuda a abrir o canal para conteúdos internos, no fundo chegar a temas pessoais que nunca pensaríamos ser capazes de alcançar e que nos possibilitam algum equilíbrio.

Energia

Ter consciência da energia circular, é perceber que temos força de movimento para que tudo aconteça, no final de contas, somos energia que vibra chamada de átomos.
São os nossos pensamentos e acções que nos levam à realidade que vivemos onde pode depender a nossa felicidade. Atraímos tudo o que somos e tudo o que temos e por este motivo devemos dar a tenção à nossa consciência para perceber o que nos rodeia.

Benefícios

Desenhar uma Mandala é um óptimo exercício de introspecção e meditação com efeito terapêutico, ajudando a obter auto disciplina, auto estima, auto afirmação, paz interior, criatividade, sensibilidade musical e libertação de stress emocional.

Geometria

Os círculos são universalmente associados à meditação, a cura e o sagrado, que funcionam como chaves para os mistérios de nosso interior e que, quando utilizados com este objectivo, remetem ao encontro com os mistérios de nossa alma. 

Ter uma Mandala em casa ou aprender a desenhar e pintar pode fazer a diferença!